Rodovias

Confira 4 tecnologias que avançam pelas rodovias
26 de novembro de 2021 | Por Barufi Consultoria

O crescimento no volume de investimentos em infraestrutura permite não apenas ampliar a malha viária do país, mas também modernizar os modais, tornando o transporte mais seguro, rápido e barato com a utilização de novas tecnologias ou soluções inovadoras.

É o que ocorre nas rodovias, por exemplo. Pedágio de passagem livre, asfalto reciclado e sistema de monitoramento online são algumas das inovações que começam a ser instaladas nas estradas brasileiras, muitas delas a partir de investimentos privados, viabilizados por meio da concessão dos ativos.

Confira neste post 4 inovações em rodovias que poderão se tornar frequentes nas rodovias do país nos próximos anos.

 

  1. Pedágio de livre passagem

O edital de licitação da Via Dutra, vencido pela CCR, incluiu a exigência da instalação do sistema free flow para cobrança de pedágio. A tecnologia dispensa as cancelas para o pagamento e permite ao motorista pagar um valor proporcional ao trecho percorrido.

O free flow funciona por meio de pórticos que fazem a leitura de tags instaladas nos veículos ou pelas próprias placas. Além de baratear o valor pago, o sistema também evita os congestionamentos nas praças de pedágio, garantindo mais fluidez e segurança na estrada.

 

  1. Monitoramento em tempo real

Os sistemas de monitoramento por meio de câmeras estão se tornando cada vez mais comuns nas estradas brasileiras. Eles permitem o acompanhamento em tempo real das condições de tráfego e a imediata atuação do gestor da rodovia em caso de acidentes.

A rodovia Regis Bittencourt, por exemplo, concedida à Arteris, tem 89% de sua extensão monitorada por meio de 276 câmeras. O sistema é interligado por uma rede de fibra ótica e gerenciada no Centro de Controle Operacional (CCO) da rodovia. O monitoramento também é utilizado pelos órgãos policiais para atuar em situações como roubo de cargas, por exemplo.

 

  1. Reciclagem de asfalto

De olho na redução de custos e no reaproveitamento de materiais, as concessionárias vêm investindo em projetos de reciclagem de asfalto para a manutenção de estradas. 

Na Fernão Dias, o material fresado, que é o composto deteriorado retirado da própria rodovia, é transformado em uma espuma com a adição de concreto e ar comprimido. O composto reduz em 20% o custo da recuperação da estrada.

 

  1. Sinalização econômica e sustentável

Esta tecnologia ainda deve demorar um pouco para chegar ao Brasil, mas mostra o quanto é possível inovar na infraestrutura de transportes. Na Holanda, a empresa de engenharia Heijmans desenvolveu, em parceria com um escritório de design, uma tinta asfáltica que dispensa a iluminação artificial da rodovia. 

O sistema garante economia e segurança às estradas, fazendo com que elas, literalmente, brilhem no escuro. A pintura é composta por um componente fotoluminescente carregado durante o dia pela luz solar. À noite, a tinta libera um brilho verde capaz de iluminar a estrada por cerca de 10 horas. 

Além da segurança, o sistema pode ser utilizado para passar informações aos motoristas. Nos dias mais frios, por exemplo, é possível sinalizar o risco de neve na pista. O sistema futurista ainda não está disponível nas estradas brasileiras, mas o edital da Via Dutra já exigiu da concessionária a instalação de iluminação de LED em toda a extensão da pista.

Receba as principais notícias sobre infraestrutura direto no seu e-mail.
Assine nossa newsletter!

Newslatter enviado com sucesso!
Verifique seu email.